COMO NASCE UMA BRUXA?

      Uma bruxa sempre nasce do ventre de outra bruxa. Bruxas são mulheres que carregam a memória sábia de suas ancestrais mais distantes. Quem eram as mães das nossas mães e as que vieram antes delas?
      A linha dessa genealogia podemos seguir pelos rastros simbólicos que chegaram até nós. As mulheres que geraram e sustentaram a vida deixaram suas pegadas. A vassoura, o caldeirão, o chapéu, o vestido preto com capuz, o gato companheiro sensitivo, o fogo crepitando na cozinha, o caldo borbulhando, o livro de feitiços, as ervas aromáticas, as velas… O que suportaram essas mulheres, quais visões sublimes tiveram, que castigos terríveis sofreram por não baixarem os olhos e a cabeça mesmo sendo mulheres.
      A vassoura que limpa também voa, o fogo que aquece também queima, o caldeirão que faz a comida também pode conter o veneno, a roupa que esconde o corpo também carrega os segredos e as palavras que doutrinam podem também abrir os caminhos.
      Nós sabemos bem como é libertador voar numa vassoura. Voem, bruxas, voem!

Débora Nóbrega

Bruxa, professora, leitora, escritora, historiadora, vegana e contadora de causos.
Rolar para cima
Usuário*
Nome*
Sobrenome*
Telefone*
Email*
Senha*
Confirmar Senha*